bornfly

Eu quero voar!

Iniciante

Curso iniciante

PRÁTICO

Em nosso módulo prático, iremos aproveitar o tempo da melhor forma possível uma vez que por ser obrigatório o aprendizado teórico na Born Fly, o aluno já vem para as aulas sabendo o que vai aprender e como irá aprender. Dessa forma os exercícios de controle de solo, de decolagem, pouso e até mesmo seus primeiros voos, fluíram tranquilamente minimizando o tempo de aprendizado do aluno, mas com tudo a seu tempo, sempre presando pela segurança acima de tudo pois o parapente é um esporte radical e deve ser praticado com responsabilidade. As aulas práticas ocorrem em morrinhos (pequenos declives) até que o aluno esteja apto a realizar seus primeiros voos, sempre acompanhados do instrutor. Ao final do curso, você será credenciado e reconhecido como piloto nível 1 pela CBVL (CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE VOO LIVRE).

Curso Iniciante Prático

10x Sem Juros : R$ 2.297,00

À VISTA : R$ 1.997,00


procrastinar
COMPRAR

Curso Prático

saiba mais sobre esse módulo

Gostou disso? Compartilhe!

Nova habilitação CBVL

A habilitação de voo livre é necessária para poder decolar nas rampas do Brasil e do mundo, tal como uma carteira de habilitação automotiva é necessária para dirigir.

Habilitação CBVL

Nossos instrutores

Veja no mapa onde estão localizados nossos instrutores.

instrutor


Cadastro de Instrutor

Se você é um instrutor homologado e quer fazer parte de nossa plataforma de ensino, cadastre-se agora mesmo e seja um instrutor de aulas práticas em sua região.

Indique para seu instrutor favorito!

Cadastre-se

Galeria de Imagens

Imagine se em cada foto dessas e qual seria sua sensação.

Perguntas

Algumas dúvidas frequentes

Não voar não é dificil, com uma boa instrução teorica e com atenção em seus primeiros contatos com seu parapente nas aulas praticas, voce logo logo esta apto para voar solo.
Não, se voce for analisar o custo x beneficio do parapente voce vera que ele é muito mais barato que varios outros esportes, em um curso basico voce estara investindo em media R$ 3.000,00 e em um equipamento novo de iniciante cerca de R$ 11.000,00.
Basicamente não. O tecido poderia se rasgar, e as linhas arrebentarem. É o que poderia se chamar de quebra. Mas isto é praticamente impossível de acontecer em equipamentos utilizados de maneira correta e dentro de seu período de vida útil. O que normalmente acontece sem nenhuma conseqüência, é devido a fortes turbulências o parapente se desinflar, ou 'enroscar' nele mesmo, mas são situações facilmente corrigíveis pelo piloto na maioria dos casos.
Sim. Se mesmo assim o problema não puder ser resolvido, existe na cadeirinha do piloto um pára-quedas (agora sim um pára-quedas) redondo que te leva em velocidade segura até o solo.
Claro! O Parapente não é um esporte que exija força muscular extrema, exige muito mais técnica do piloto do que força em si. E como é um esporte que tem poucas praticantes, elas são sempre muito bem-vindas neste universo em sua maioria masculino.
Sim. Perfeitamente. O equipamento deve ser proporcional ao peso que está carregando. Para isto existem parapentes específicos para vôo-duplo, que suportam mais peso.
Muita. De forma e tamanho. Quanto ao peso, ele é sempre proporcional ao peso do que ele carrega. Seja uma pessoa, duas pessoas, um magro, um gordo. O parapente também tem forma de asa, e o formato desta 'asa' vai definir muito do seu comportamento e desempenho em vôo. Embora para um leigo, simplesmente olhando sejam todos muito parecidos, eles têm muita diferença. Existem níveis de desempenho e de segurança variados. Quanto mais seguro é um parapente, geralmente os usados com alunos e vôos-duplos, menos performance eles têm. Entenda-se como performance a sua velocidade e capacidade de voar mais longe. Os pilotos de lazer usam parapentes seguros e com desempenho moderado, propício para lhe proporcionar um vôo agradável e divertido. Pilotos de competição sempre usam o que há de mais moderno e com maior desempenho, diminuindo com isto também sua segurança. Já os pilotos de acrobacia voam em parapentes específicos para que realizem melhor as manobras e são também geralmente menores em relação ao peso de um piloto, quanto seria um parapente de vôo convencional.
Teoricamente ele pode levar quanto peso for necessário, desde que tenha um tamanho adequado ao peso que está carregando. Alguns ônibus espaciais possuem uma espécie de parapente gigante para pousar.
Se a diferença for de poucos kgs, basicamente só o que muda é a velocidade de vôo, mais rápido se mais pesado, ou mais lento de mais leve. A distância que ele voa e a resistência do aparelho são praticamente inalterados.
O esporte é tão seguro quanto o piloto quiser que seja. Tomando todas as devidas precauções, ele torna-se um esporte extremamente seguro. Muito mais do que você pode imaginar. A maioria massiva das pessoas que pilotam ambos aparelhos como motocicletas e parapentes, sentem-se mais seguros voando.
Leves chuvas não afetam em muito o vôo, apenas umedecem o tecido impermeável do parapente, porém em dias nublados, não é possível achar as correntes térmicas de ar ascendente que o farão subir. Logo é mais provável que não valha nem a pena decolar, caso contrário você irá diretamente da decolagem para o pouso. Seria um vôo curto sem muitas possibilidades. Fortes chuvas geralmente vem acompanhadas de fortes ventos e turbulência, que aí sim tornam o vôo desaconselhável.
As chuvas não saem de surpresa de trás de uma cortina pra nos dar um susto. Todo piloto deve saber fazer a análise meteorológica necessária para saber a possibilidade de chuva naquele momento, e reconhecer as nuvens de chuva antes que elas atinjam um nível que represente perigo ao vôo.
A escola fornece todos os equipamentos para o curso, exceto o motor, ao qual o aluno terá que ter ou adquirir para estar concluindo seu curso.
As aulas inicialmente são em campinas, próximo a rodovia dom Pedro em um lugar bem propicio e de fácil acesso.
Já para as aulas praticas com o motor são feitas inicialmente no litoral.
Uma vela de parapente custa de R$ 5.000,00 a R$ 15.000,00.
Já um motor custa de R$ 7.000,00 a R$ 22.000,00.
Ao término do curso o aluno receberá sua habilitação CBVL “voo livre”, a qual lhe proporcionará a possibilidade de fazer voos em todas as rampas do mundo.
Embora não seja obrigatória a habilitação de motor, com a habilitação CBVL o aluno poderá dar entrada em sua habilitação ABPM, a qual se conquistará com um simples teste pratico de decolagem e pouso.

O que achou do curso?

Seu comentário é importante para nos, ficamos felizes se nos ajudar.

procrastinar

Inscreva-se para as próximas turmas do curso básico gratuito

Venha conhecer as maravilhas que o Voo Livre poderá te proporcionar.

Caso não queira aguardar a abertura da turma gratuita, você pode comprar agora mesmo

Feito para você que não conhece nada ainda sobre esse esporte tão maravilhoso e precisa saber o que é um parapente e como é voar de parapente.


Preço normal até 4 x sem juros de: R$ 9,98

Tipo: EAD (Online)

Valor promocional até: 01/10/2019

R$ 39,90 à Vista


Saber Mais
equipamento-chamada

Satisfação garantida

Até 14 dias depois do pagamento, você pode cancelar
por qualquer motivo, e devolvemos todo o valor pago.

Depoimentos